Educação

Entenda o que muda no Ensino Médio com a aprovação da Reforma

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

A Reforma do Ensino Médio, aprovada no último mês, traz novidades e desafios às escolas de todo o Brasil. Veja o que muda no dia a dia dos estudantes.

 

reforma do ensino médio

 

O Senado brasileiro aprovou, na última quarta-feira (08 de fevereiro), a Medida Provisória que determina novas regras para o Ensino Médio (EM). As mudanças devem começar a afetar o cotidiano dos 7 milhões de jovens brasileiros matriculados no EM já em 2018.

Esta é chamada ‘Reforma do Ensino Médio’, um assunto que tem gerado acalorados debates nos meios educacionais desde setembro de 2016, quando foi inicialmente proposto pelo governo federal. Muitos educadores, estudantes e especialistas questionam a baixa participação da sociedade civil no processo decisório, o que pode ajudar a explicar as 567 emendas que o texto ganhou antes da aprovação. Outros aprovam as medidas adotadas, vendo-as como soluções corajosas e necessárias para impulsionar o ensino brasileiro.

reforma no ensino medio

Mas o que muda, de fato, com esta Reforma do Ensino Médio? Como ela pode afetar o dia a dia na sala de aula?

 

MUDANÇAS À VISTA NO ENSINO MÉDIO

Boa parte das mudanças propostas na Reforma está atrelada à Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que ainda está em processo de elaboração. Este documento definirá quais são as disciplinas obrigatórias e qual o conteúdo específico que será ensinado. Todavia, diversas outras alterações já poderão ser implementadas com todo vigor. Algumas são mais pontuais, como a obrigatoriedade do ensino de inglês como 1ª língua estrangeira, outras de amplo espectro e que impactarão as estruturas didáticas das escolas.

Você poderá entender num relance, a partir do infográfico abaixo que a BOOMIT preparou para nossos leitores, quais são as principais modificações que a Reforma traz.

 

O QUE MUDA COM A REFORMA DO ENSINO MÉDIO?

As mudanças no Ensino Médio afetam a carga horária dos alunos, quais disciplinas eles terão e quem poderá lecionar. Veja detalhes a seguir:

 

CARGA HORÁRIA (ANUAL)

  • HOJE – 800 horas de aula
  • EM ATÉ 5 ANOS – 1.000 horas de aula (aumento de 25%)
  • NO FUTURO* – 1.400 horas de aula (aumento de 75% em relação a hoje)

*sem data específica para implementação completa

 

DISTRIBUIÇÃO DO TEMPO DE AULA

  • 60% do tempo deverá ser aplicado nas disciplinas consideradas obrigatórias pela Base Nacional Comum Curricular
  • 40% do tempo ficará com as matérias eletivas

 

CURRÍCULO

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS: Português, Matemática, Educação Física, Artes, Filosofia e Sociologia

DISCIPLINAS ELETIVAS: as escolas terão de oferecer opções de disciplinas eletivas em pelo menos 1 dos 5 ‘Itinerários Formativos’ definidos pelo governo. O aluno deverá escolher um desses Itinerários:

  • Linguagens
  • Matemática
  • Ciências da Natureza
  • Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
  • Formação Técnica e Profissional

 

QUEM PODE DAR AULA?

Profissionais poderão dar aulas nas disciplinas de FORMAÇÃO TÉCNICA E PROFISSIONAL mesmo que:

  1. não tenham formação acadêmica ou
  2. sejam formados em áreas distintas daquelas em que lecionarão.

Para tanto, basta provar que possuem ‘notório conhecimento’ sobre o assunto das aulas que irão ministrar.

 

 

AS VANTAGENS DAS DISCIPLINAS ELETIVAS NO ENSINO MÉDIO

Polêmicas à parte, o texto da Reforma do Ensino Médio abre espaço nas escolas para a escolha, por parte dos alunos, de disciplinas que se adequem melhor aos seus desejos e anseios profissionais.

Para aqueles que desejam finalizar o Ensino Médio e já partir para o mercado de trabalho, a opção pela Formação Técnica e Profissional permitirá aprimorar habilidades essenciais para a busca e conquista de bons empregos. Já para quem prefere entrar na Educação Superior, as disciplinas dos demais Itinerários Formativos poderão ajudar na compreensão dos desafios de cada área do conhecimento, fortalecendo a base de escolhas para o vestibular.

novo ensino médio - ensino tecnico

E, para ambos os tipos de alunos, os colégios de EM terão agora a possibilidade de oferecer disciplinas mais abrangentes, que os ensinem a pensar o mercado de trabalho – e a própria vida – de uma maneira mais inteligente e honesta. As disciplinas de empreendedorismo entram com tudo nesse quesito. Em um momento da vida em que o foco é a escolha de uma carreira – uma decisão notoriamente complexa e de ampla repercussão –, compreender o próprio potencial e utilizá-lo com sabedoria são ferramentas poderosas na construção de um futuro promissor e de enorme sucesso.

Os cursos de empreendedorismo, com foco no autodesenvolvimento e na resolução de problemas, podem ser a porta de entrada para um futuro de amplas realizações, tanto profissionais quanto pessoais.

Conheça o curso de empreendedorismo da BOOMIT e surpreenda-se com o quanto você pode aprender sobre seu potencial. Clique aqui para entender como funciona nossa metodologia exclusiva e como ela pode ser aplicada na sala de aula.

2 Comments

  1. Renata Idargo Reply

    Queridos, não há link para acessar a metodologia do curso de empreendedorismo.

    • Equipe da Boomit Reply

      Oi Rê! Creio que por algum engano você recebeu este e-mail, claro que a queremos como mentora também, mas estamos contando contigo para as aulas também.
      A propósito, teremos um workshop experimental para ver se forma turma no Colégio Decisão, se formar, faremos nosso treinamento. Você teria disponibilidade para estar comigo neste workshop na quinta às 15h até 17h30?
      Se também quiser nos ajudar com as possíveis mentorias, neste caso, voluntária, pode acessar o link: https://boomitcarol.typeform.com/to/rFgT8z

      Um beijo!

Escreva um comentário

Bitnami